10/08/2013

Fumar pode fazer com que o cérebro envelheça mais depressa


De acordo com a BBC, um estudo realizado por pesquisadores do King’s College de Londres apontou que fumar pode fazer com que o cérebro “apodreça”, acelerando o seu envelhecimento e causando danos relacionados à memória, aprendizado e ao raciocínio.
Segundo a publicação, os pesquisadores descobriram a conexão entre o tabaco e o declínio cognitivo enquanto investigavam a relação entre o estado geral do cérebro e a incidência de ataques cardíacos ou derrames.
Os cientistas submeteram 8,8 mil indivíduos com mais de 50 anos — todos acima do peso e com quadros de pressão alta — a uma série de testes cerebrais, que foram repetidos depois de intervalos de quatro e oito anos. Os resultados mostraram que, além da ocorrência de ataques cardíacos ou derrames estar associada ao declínio das funções cognitivas, os participantes fumantes foram os que apresentaram o pior desempenho durante os testes.

Conforme explicaram os pesquisadores, o declínio das funções cognitivas — relacionadas ao aprendizado, raciocínio e à memória — normalmente ocorre devido ao envelhecimento. Contudo, os cientistas encontraram uma série de fatores de risco associados a esse declínio, e o estudo serviu para reforçar a conexão entre o hábito de fumar e o agravamento nos quadros de pressão alta e demência precoce.
Os pesquisadores alertam para a necessidade de que as pessoas se conscientizem de que o hábito de fumar não só é prejudicial para o corpo, como também pode afetar negativamente a mente, e seguir uma dieta saudável, realizar exercícios físicos regularmente e manter o peso dentro de um limite adequado pode fazer muita diferença.

FONTE: Megacurioso



Barrinha MaynaBaby

Nenhum comentário:

Vídeo não pode ser exibido.

AD